SEXO E SONO

Quando se fala sobre sexo e sono, é necessário ter em conta três  vertentes:

A influência que o sono tem no sexo, a influência que o sexo tem no sono e as manifestações do sexo durante o sono, normais ou patológicas. Nem sempre os atos sexuais são a dois ou são conscientes.

Comportamentos sexuais relacionados com o sono

Sexo e Sono – Clínica do Sono Dr. Anselmo Pinto

  • Sonhos eróticos – são frequentes e não têm, na maioria dos casos, significado de desejo de relação com a/o parceiro do sonho. Mais frequentes na adolescência.
  • Polução noturna (ereção noturna) é fisiológica, frequente na adolescência e pode ser acompanhada por orgasmo.
  • Sexsónia epilépica – comportamentos sexuais durante o sono, seguidos de crise epiléptica Sexsónia – comportamentos sexuais “anormais” durante o sono.
  • Kleine-Levin síndrome – hipersónia periódica com comportamentos sexuais anormais acordado.

Como o sono influencia o sexo

De uma forma resumida e extremamente generalizada, diríamos que para haver sexo “normal” terão de se conjugar múltiplos fatores:

  • Vontade do ou dos parceiro envolvido(s)
  • Avaliação recíproca dessa vontade
  • Capacidade e predisposição de estimulação do parceiro
  • Capacidade e predisposição de ser estimulado
  • Condições adequadas – físicas, psíquicas e sociais

Estas condições surgem e são influenciadas direta ou por funções cerebrais e físicas que interagem entre si através de neurotransmissores influenciados por vários tipo de hormonas.

Um sono mau, em quantidade e/ou qualidade, leva à perturbação de um ou mais dos fatores acima enumerados.

Quando falamos de sexo, é consensual a ideia de que os fatores psíquicos são tão ou mais importantes do que os meramente físicos.

O desempenho sexual está diretamente ligado à atividade hormonal, seja no homem ou na mulher.

Dentro das muitas hormonas em jogo na sexualidade encontramos:

  • Progesterona
  • Estrogénios – hormona feminina
  • Prolactina – inibe a dopamina
  • Dopamina – mantém-nos despertos
  • Serotonina – inibe a dopamina, “relaxa”
  • Oxitocina – faz sentir bem e relaxado estimula sistema imunitário
  • Testosterona – Hormona com mais altos níveis no homem

Tem um efeito não só no desejo sexual como na função eréctil. Os níveis de testosterona estão diretamente ligados com o sono, diminuindo no caso de privação para valores de menos de 15 a 40 %

Fica diminuída nos caso de perturbação do ciclo circadiano, qualidade e quantidade de sono.

Também, baixos níveis de testosterona estão relacionados com redução da eficiência do sono, mais acordares noturnos e menos NREM 3, sono profundo; a testosterona estimula a ação da serotonina, que por sua vez está diretamente relacionada com a sensação de bem estar assim como o tipo de sono que temos; porém isto não é linear, uma vez que a administração de testosterona, mesmo em dose terapêuticas, pode levar a efeitos opostos. Tem de haver um equilíbrio perfeito e complexo dos níveis de testosterona, variando com as pessoas.

A quantidade e qualidade do sono influencia e é influenciada pelo sexo.

Sexsónia

Existem comportamentos sexuais que podem ocorrer durante o sono, que, pelas circunstâncias em que ocorrem, são bizarros. Têm uma explicação médica na maioria das vezes desconhecida e por isso são mal interpretados e muitas vezes mal aceites com consequências negativas no individuo e/ou no parceiro/a de cama.

Não se podem confundir as ereções espontâneas que ocorrem no fim da noite e na fase de sono REM, que são normais e sinal de saúde sexual, com eventos sexuais que podem ocorrer durante o sono e dos quais a pessoa não tem memória ou, por vezes tem, mas muito vaga. Estes eventos sexuais são denominados sexónias.

Como pode apresentar-se esta perturbação?

  • Podem ocorrer quando a pessoa está só ou acompanhada
  • Podem acontecer uma ou mais das seguintes manifestações:
  • Simples carícia com cariz sexual ao parceiro/a ou pessoal
  • Gemido de carácter sexual
  • Masturbação
  • Sexo usual não violento
  • Sexo violento com perigo para parceiro/a
  • Violação
  • Orgasmos não conscientes e não desejados.

Todos estes eventos usualmente ocorrem

  • Em sono NREM3
  • Na cama, sem o individuo sair da mesma.
  • Seguidos de amnésia total ou quase total, imediata e no dia seguinte.
Estas ocorrências são muitas vezes escondidas por vergonha das partes envolvidas. É importante, por todas as razões, um estudo por entidade médica ligada ao sono.

Causas

 Alguns investigadores relacionam com uma perturbação do sono de ondas lentas, o sono NREM fase 3. Nesta fase o cérebro processaria instintos relacionados com fugir, lutar ou procriar; este últimos poderiam ocasionar a sexsónia.

Relação com outros distúrbios tais como: 

  • Insónia
  • Apneia obstrutiva do sono
  • Privação do sono
  • Síndroma de comer a dormir (Sonofagia)
  • Pode estar relacionada com distúrbio do ciclo circadiano
  • Raramente numa crise de sonambulismo
  • Por vezes relação com acordares confusos em sono NREM
  • Pode estar relacionada com sonhos em fase REM mas sem atonia
  • Usualmente relacionadas com parassónia desde infância.
  • Ressonar

Relação com outros distúrbios que não do sono

  • Epilepsia
  • Pós traumas sexuais recentes ou mesmo de infância ou adolescência, reconhecidos ou não.
  • Ansiedade ou outras perturbações psíquicas
  • Stress
  • Álcool
  • Drogas

Secundária a uso de determinados medicamentos

Consequências

Apesar da sexsónia não ser um problema psíquico, pode levar a distúrbios do foro psíquico. Pode ser causa de rotura na confiança entre parceiros Pode perturbar a qualidade do sono pela ansiedade

Diagnóstico

  • História clínica
  • Exame físico
  • PSG com vídeo

Tratamento

  • Boa higiene do sono
  • Eliminar abuso de álcool
  • Eliminar uso de drogas
  • Tratamento de patologias do sono associadas

Medicação

Dirigida diretamente à sexsónia e/ou a perturbações que direta ou indiretamente contribuem para a perturbação.

Contacte-nos, podemos ajudar:

+351 226 061 430 | +351 918 200 505
geral.umce@gmail.com

Clinica do Sono Dr. Anselmo Pinto, 2017

Subscreva a nossa newsletter

Coloque aqui a sua questão ou pedido de informação

Marque já a sua consulta